Tópicos

Redes Sociais

Acompanhe:

Compartilhe:

O relacionamento das pessoas com as marcas pode ser compreendido em dois sentidos atualmente. No primeiro, trata-se daquele mais conhecido, em que as marcas adotam estratégias com a capacidade de fidelizar os seus consumidores, gerando assim, o seu relacionamento apenas mercadológico, ou seja, na compra fiel de seus produtos ou serviços.

Porém, a partir da expansão do Inbound Marketing e do reconhecimento de sua importância por parte de muitas empresas, o relacionamento entre consumidor e marca passou a ter outro sentido, em que todo o valor desta aproximação passa a ser o conteúdo.

Sendo assim, o conteúdo é o que impulsiona o relacionamento entre clientes e marcas. Aquele que recebe uma mensagem de empresa por rede social ou e-mail marketing, deve ver algo que seja capaz de lhe criar uma afeição, uma aproximação frente à marca, sendo que este será um dos fatores decisivos no processo de tomada de decisão de compra por parte de cada consumidor.

Nesse sentido, investir no relacionamento com o cliente passou a ser muito mais do que optar por fidelizá-lo através da comercialização dos produtos. Passando a ser, também, como uma opção de engajá-lo em torno da sua marca, através dos conteúdos apresentados e das técnicas de Inbound Marketing adotadas.

Contudo, investir no relacionamento através da fidelização sempre foi um dos desafios da empresa e, com o surgimento do Inbound Marketing, gerar este relacionamento entre consumidor e marca tornou-se ainda mais desafiante, sendo o fruto do trabalho de profissionais especializados com a finalidade de que se consiga atingir os objetivos que se espera a partir da utilização da internet.